Entre os anos de 2011-2012, este espaço destinou-se à divulgação dos trabalhos e experimentos realizados pelos alunos do 5º ano e pelo prof. André Nogueira, da Escola Municipal João de Camargo, participantes do Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação.





"PCHAE na Sala de Aula" foi premiado como o melhor blog da II Mostra Municipal do Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação das Crianças. Uma parceria de sucesso entre a Secretaria Municipal de Educação com o Instituto Ciência Hoje que juntos, buscam promover a educação científica junto ao público infantojuvenil.

domingo, 29 de julho de 2012

FLAGRANTE DE ANIMAIS: JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO

Olá queridos leitores do blog

Olha só o que eu tive o prazer de ver em recente visita ao Bosque da Barra: um jacaré-de-papo-amarelo.

Incrível






O jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) é um jacaré típico da América do Sul. A espécie habita as florestas tropicais, preferindo áreas de baixada, em lagoas, lagos e rios. É um animal carnívoro que vive aproximadamente cinquenta anos.
São conhecidos por este nome pois, durante a fase do acasalamento, estes animais costumam ficar com a área do papo amarelada.
Mede em média entre 1,5 m e 2,5 m mas já foram capturados exemplares com mais de 3,9 m. Caracterizam-se por possuírem uma mordida forte, podendo partir o casco de uma tartaruga com extrema facilidade.


Para saber mais...

domingo, 1 de julho de 2012

RIO DE JANEIRO - PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE

Rio é a 1ª cidade eleita Patrimônio Cultural da Humanidade

Unesco classificou a cidade na categoria 'paisagem cultural urbana'

Vista geral da cidade do Rio de Janeiro
Vista geral da cidade do Rio de Janeiro (Oscar Cabral)

O Rio de Janeiro - conhecido como cidade maravilhosa por suas praias, clima e beleza natural, entre as montanhas e o mar - foi declarado neste domingo Patrimônio Mundial, na categoria paisagem cultural urbana, durante uma reunião em São Petersburgo (Rússia). Esta é a primeira cidade do planeta a ser incluída na lista. O conceito de paisagem cultural foi criado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 1992.
Os famosos símbolos de cartão postal da cidade, como o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, o calçadão de Copacabana ou deslumbrante vista da Baía de Guanabara, foram apresentados como argumentos pelo Brasil. Durante a apresentação, o comitê técnico da candidatura do Rio na Unesco defendeu as "paisagens cariocas entre a montanha e o mar". Na apresentação, o Rio de Janeiro foi mostrado como uma cidade onde a paisagem urbana se funde com uma natureza exuberante que dá origem a "uma cultura de rua", com grandes espaços abertos, parques públicos, jardins e orla que são parte da vida cotidiana dos cariocas.
O governo do Brasil celebrou a decisão da Unesco, mas admitiu que ainda existem desafios importantes na cidade, afirmou a ministra da Cultura, Anna de Hollanda. "Não foi um processo fácil, foram nove anos levantando informações", afirmou a ministra de São Petersburgo. "Nosso projeto estava muito completo e bem argumentado. O Rio tem todas as características para ser patrimônio da humanidade: a mescla do urbano com a natureza, uma topografia que condiciona a vida do carioca que tem esta relação intensa com o mar e o morro", completou. A ministra destacou o compromisso de resgatar a Baía de Guanabara, acabando com a poluição.

Fonte: 
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/rio-de-janeiro-a-cidade-maravilhosa-agora-e-patrimonio-mundial--2


Se quiser ver um vídeo sobre as princiapais paisagens da Cidade Maravilhosa, acesse:

http://tinyurl.com/7j23r4x



terça-feira, 26 de junho de 2012

BONECOS DE SUCATA

Ainda no clima da Rio + 20, nossa turma está estudando bastante sobre a Educação Ambiental.
Recentemente confeccionamos alguns bonecos com sucata. O resultado ficou ótimo!

Eles viraram os mascotes da turma e "participaram" da exposição de aniversário da nossa escola.



quarta-feira, 20 de junho de 2012

RIO CAPITAL MUNDIAL DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL



Cristo Redentor
Mais uma vez, o Rio de Janeiro foi a capital mundial do desenvolvimento sustentável. Depois da Rio 92, que consolidou este conceito, chega a vez da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável no Rio do Janeiro, a Rio+20, que apontou os caminhos futuros.

Há 20 anos, a conferência realizada na cidade brasileira foi marcada pela intensa participação da sociedade civil. Na ocasião, foram aprovados documentos importantes para o regime internacional de desenvolvimento sustentável, tais como a Declaração do Rio, a Agenda 21, a Convenção-Quadro sobre Mudança do Clima e a Convenção sobre Diversidade Biológica. O chamado “espírito do Rio”, que animou aqueles debates, esteve presente mais uma vez na Rio+20.

A escolha não foi casual: a Cidade Maravilhosa é conhecida por sua natureza exuberante, de contrastes entre montanhas e mar, florestas e praias e paredões rochosos subindo abruptamente de baixadas extensas. Além disso, a capital do Estado do Rio de Janeiro tem tradição no cuidado com o meio ambiente.

Ainda no século XIX, a então capital do Brasil realizou um reflorestamento com espécies nativas na Floresta da Tijuca, em torno da qual a metrópole se desenvolveu. Hoje esta é a maior floresta urbana do mundo, preservada no coração de uma cidade de 510 anos de história.

Nascimento da cidade
Os primeiros europeus a chegarem à região foram comandados por Gaspar Lemos, em 1º de janeiro de 1502. Ao ver a baía de Guanabara, o navegador pressupôs que aquela era a foz de um rio, e por isso batizou a região de Rio de Janeiro. Entre 1530 e 1560, os portugueses iniciaram o processo de colonização ao mesmo tempo em que lutavam contra as várias tentativas francesas de ocupar o território.

A cidade foi oficialmente fundada por Estácio de Sá, em 1º de março de 1565. A urbanização começou no Morro de São Januário, mais tarde conhecido como Morro do Castelo, e depois na Praça Quinze. A ocupação e o desenvolvimento econômico foram acelerados graças à vocação natural  da cidade como porto e localização estratégica.

Salvador era capital da Colônia, mas a relevância do porto do Rio para escoar  produção da mineração em Minas Gerais influenciou a decisão da transferência da sede do poder para o sul, em 1763. Em 1808, a família real portuguesa veio para o Rio de Janeiro, refúgio escolhido diante da invasão de Portugal pelas tropas de Napoleão Bonaparte – nesta época, o Rio se tornou a primeira e única cidade de fora da Europa a sediar um império europeu.

A partir da independência do Brasil, em 1822, o Rio se tornou capital do Império. O crescimento da cidade continuou durante quase todo o século XIX, inicialmente na direção norte, para São Cristóvão e Tijuca, e depois na direção da zona sul, passando pela Glória, pelo Flamengo e por Botafogo. Em 1889, a capital do Império assistiu à queda da Monarquia.

A transição da Monarquia para a República começou em 1889 e só acabou, efetivamente, em 1930. Com a Proclamação da República,  no fim do século XIX, a cidade tornou-se a capital federal. No começo do século XX, surgiram as ruas largas e construções imponentes, a maioria no estilo francês fin-de-siècle.

O Rio de Janeiro manteve sua condição de capital até a inauguração de Brasília, em 1960. Capital do Estado do Rio de Janeiro, a cidade continua sendo um dos mais importantes centros socioculturais do país.


Fonte e imagem: RioTur

sábado, 2 de junho de 2012

BOSQUE DA BARRA



O Bosque da Barra ou Parque Arruda Câmara, localizado no quilômetro 6 da Avenida das Américas com 50 hectares ocupados com vegetação típica de praia é refúgio natural de pássaros e animais. Com área equivalente a 50 campos de futebol, constitui uma das áreas verdes mais visitadas da região, propiciando um delicioso passeio.
O parque possui amplos gramados, equipamentos para a prática esportiva como campos de futebol e quadras de vôlei, payground para a criançada, pista em terra batida com extensão de 3.000 metros para caminhada e trilhas na mata para a prática de mountain bike.
Funciona de terça a domingo de 08hs. as 17hs.

Para os amantes da natureza, vale uma visita!

KM 6 da Avenida das Américas - Barra da Tijuca
Te. (21) 3235-1258 / 2976-1258

Ficou curioso?!

Veja algumas fotos do local:








terça-feira, 1 de maio de 2012

ORIGEM DO DIA DO TRABALHO

DIA DO TRABALHO




No dia 1º de maio comemora-se o Dia do Trabalho em vários países ao redor do mundo. A escolha da data aconteceu em 1886, na cidade norte-americana de Chicago, quando milhares de trabalhadores protestavam contra as péssimas condições de trabalho e a alta carga horária (13 horas) às quais eram submetidos diariamente. Foi, então, que em 1º de maio deste ano os trabalhadores se reuniram e deu-se uma greve que paralisou os Estados Unidos. No dia 3 iniciou-se a repressão e o resultado culminou em diversos trabalhadores assassinados e outros tantos feridos. As manifestações e os protestos ficaram conhecidos como a “Revolta de Haymarket.”
Em 1889, em Paris, a Segunda Internacional instituiu o 1º de maio como a principal data dos trabalhadores organizados, utilizada para celebrar as conquistas e a luta dos trabalhadores ao longo da história. Em 23 de abril de 1919, o congresso francês proclamou o 1º de maio como feriado nacional e sancionou que a jornada de trabalho deveria ser de 8 horas naquele país europeu. Após a França, foi a Rússia que instituiu o Dia do Trabalho como feriado.
No Brasil, entretanto, o trabalho nem sempre foi visto como algo nobre, que gerasse o engrandecimento humano. Durante o período colonial brasileiro, por exemplo, aqueles que trabalhavam eram somente os escravos. De acordo com Antonil, em seu livro Cultura e Opulência do Brasil: “Os Escravos são as mãos e os pés do senhor do engenho, porque sem eles no Brasil não é possível fazer, conservar e aumentar fazenda, nem ter engenho corrente” (ANTONIL, 1982, p.89).
Calvino e sua doutrina religiosa também valorizavam o trabalho e a poupança. Para o religioso, somente o trabalho levaria os homens à salvação, a obterem um lugar no reino dos céus.  
E foi a partir da Revolução Industrial e da consolidação do trabalho assalariado que o trabalho passou a ser visto com olhos mais distintos. Isso, associado à cultura puritana, atribuiu ao trabalho muitas das qualidades que vemos hoje.
Aqui no Brasil, o 1º de maio foi instituído como dia do trabalho em 1925, por decreto do então presidente Arthur Bernardes. Desde esse ano a data foi comemorada de diversas formas: em 1940, o presidente Getúlio Vargas utilizou o 1º de maio para anunciar o novo salário mínimo. Em 1941 a data foi usada para marcar a criação da Justiça do Trabalho, que visava resolver os conflitos existentes entre os trabalhadores e seus patrões. Mas na Bahia, durante 55 anos, não se comemorou esta data em virtude da natureza contraditória da ocasião: o dia dedicado ao trabalho era feriado. Só em 1980, Antônio Carlos Magalhães, então governador da Bahia, promulgou a data como feriado em todo estado.

       Hoje, perdeu-se um pouco do caráter reivindicativo do dia e o 1º de maio é utilizado mais para as festas e shows realizados pelas diversas organizações trabalhistas, ocasião em que são sorteados prêmios para os trabalhadores como casas e automóveis. Triste fim para uma data que teve origens tão importantes e nobres.
_________________________________________________________________________________
Ricardo Barros Sayeg é mestre em Educação pela USP. Formado em História e Pedagogia pela mesma universidade, é diretor de escola e professor de História do Colégio Paulista (COPI).





Para saber mais...



quinta-feira, 19 de abril de 2012

DIA DO ÍNDIO: ORIGEM E HISTÓRIA

O dia 19 de abril é instituído como o DIA DO ÍNDIO em todo o Brasil. A data foi criada pelo presidente Getúlio Vargas pelo decreto de lei 5540 de 1943.
A comemoração relembra quando em 1940, várias lideranças indígenas do continente resolveram participar do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, que foi realizado no México. 
Os índios boicotaram os primeiros dias do evento, pois tinham medo que as suas reivindicações não fossem ouvidas pelos “Homens Brancos”. No congresso, foi criado o Instituo Indigenista Interamericano, também com sede no México. Ele tinha o objetivo de zelar os direitos dos indígenas na América.
No Brasil, o país não aderiu de forma imediata o instituo, mas depois de uma intervenção de Marechal Rondon, que apresentou sua adesão, foi instituído o Dia do Índio na data de 19 de abril.
A grande proposta da data é relatar os direitos dos indígenas e faz com que a sociedade saiba da importância que eles têm em nossa história. Um povo sofrido, que sempre foi massacrado, humilhado e escravizado pelos colonizadores, mas nunca deixaram de participar ativamente em nossa história e cultura.


segunda-feira, 16 de abril de 2012

ARTIGO: 15 TECNOLOGIAS ATUAIS QUE MEU FILHO RECÉM-NASCIDO NÃO IRÁ USAR

A tecnologia está tão avançada que num piscar de olhos ela é substituída por outra ainda melhor e mais moderna.

Para quem gosta de ciência e novas tecnologias, vale a pena conferir esse artigo.




sexta-feira, 13 de abril de 2012

SEXTA-FEIRA 13


 
História sobre a Sexta-Feira 13

Há muito tempo, certos dias ou épocas do ano são compreendidas como impregnadas de algum tipo de infortúnio ou má sorte. Atualmente, o encontro do dia 13 com a sexta-feira é repleto de lendas e crendices que deixam os mais supersticiosos de cabelo em pé. Como se não bastasse isso, o cinema norte-americano tratou de imortalizar esta data com uma seqüência de filmes de terror protagonizada por Jason Voorhees, um serial killer que ataca nessa mesma data.

Contudo, poucos sabem dizer qual é a verdadeira origem da “Sexta-feira 13”. De fato, as possibilidades de explicação para esta crença se encontram difundidas em diferentes culturas espalhadas ao redor do mundo. Uma das mais conhecidas justificativas dessa maldição conta que Jesus Cristo foi perseguido por esta data. Antes de ser crucificado em uma sexta-feira, o salvador das religiões cristãs celebrou uma ceia que, ao todo, contava com treze participantes.

Outra explicação sobre essa data remonta à consolidação do poder monárquico na França, especificamente quando o rei Felipe IV sentia-se ameaçado pelo poder e influência exercidos pela Igreja dentro de seu país. Para contornar a situação, tentou se filiar à prestigiada ordem religiosa dos Cavaleiros Templários, que, por sua vez, recusou a entrada do monarca na corporação. Enfurecido, segundo relatos, teria ordenado a perseguição dos templários na sexta-feira, 13 de outubro de 1307.

De acordo com outra história, a maldição da sexta-feira 13 tem a ver com o processo de cristianização dos povos bárbaros que invadiram a Europa no início do período medieval. Antes de se converterem à fé cristã, os escandinavos eram politeístas e tinham grande estima por Friga, deusa do amor e da beleza. Com o processo de conversão, passaram a amaldiçoá-la como uma bruxa que, toda sexta-feira, se reunia com onze feiticeiras e o demônio para rogar pragas contra a humanidade.

Reforçando essa mesma crendice, outra história de origem nórdica fala sobre um grande banquete onde o deus Odin realizou a reunião de outras doze importantes divindades. Ofendido por não ter sido convidado para o evento, Loki, o deus da discórdia e do fogo, foi à reunião e promoveu uma enorme confusão que resultou na morte de Balder, uma das mais belas divindades conhecidas. Com isso, criou-se o mito de que um encontro com treze pessoas sempre termina mal.

Apesar de tantos infortúnios associados a essa data, muitos a interpretam com um significado completamente oposto ao que foi aqui explicado. De acordo com os princípios da numerologia, o treze – por meio da somatória de seus dígitos – é um numeral próximo ao quatro, compreendido como um forte indício de boa sorte. Além disso, indianos, estadunidenses e mexicanos associam o número treze à felicidade e ao futuro próspero.


(Por Rainer Sousa - Graduado em História - Equipe Brasil Escola )





CURIOSIDADES: 13 fatos que você não sabia sobre a Sexta-Feira 13

segunda-feira, 2 de abril de 2012

DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO

 Um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro, o Cristo Redentor ganhou uma iluminação especial no início da noite de hoje, em tons de azul, para marcar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU). A iniciativa tem o objetivo de chamar a atenção sobre a necessidade do diagnóstico precoce e do tratamento adequado.
Além do monumento carioca, serão iluminados em azul o Teatro Amazonas, em Manaus; o Congresso Nacional, em Brasília; o Empire State Building, em Nova York (Estados Unidos) e o Big Ben, em Londres (Inglaterra).



Para saber um pouco mais sobre esse assunto tão importante, acesse:

quinta-feira, 8 de março de 2012

terça-feira, 6 de março de 2012

VÍDEO: PCHAE - RIO DE JANEIRO 2011

Vídeo de encerramento do Projeto Ciência Hoje de Apoio à Educação das Crianças, desenvolvido no ano de 2011, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro-RJ.
 O Projeto incorporou em 2011 as novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) como instrumento pedagógico em sala de aula, por meio do portal "Casa de Curioso" (www.casadecurioso.com.br), no qual os professores postaram experimentos e divulgaram seus blogs.

Eu e meus alunos (EM João de Carmargo /turma 1502/ano 2011) participamos deste vídeo em vários momentos. 

Ele foi gravado na II Mostra Municipal do Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação das Crianças, realizada no Rio Centro em novembro de 2011.

Na ocasião, nosso blog "PCHAE na Sala de Aula" pchae.blogspot.com
premiado como o melhor blog.
  
Vale a pena conferir!


 

domingo, 4 de março de 2012

SER CARIOCA

Ser carioca é poder aproveitar momentos e lugares únicos.
É ter certeza de que esta é a cidade mais lindo do mundo, mesmo sem conhecer
nenhuma outra.
É saber que, em 15 minutos, você pode ir do mar à
floresta.
 É aprecisar o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o perfil sensual
das montanhas e a Baía de Guanabara, do Aterro do Flamengo.

O Rio é isso, pura inspiração!
 
 

quinta-feira, 1 de março de 2012

ANIVERSÁRIO DA CIDADE MARAVILHOSA

Hoje é um dia muito especial. A cidade do Rio de Janeiro completa 447 anos de fundação. Apesar dos problemas existentes aqui, nossa cidade continua sendo maravilhosa.


 




Parabéns CIDADE MARAVILHOSA !

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

BOM CARNAVAL

Durante os dias 18/02 à 21/02 nossa Cidade Maravilhosa "veste a fantasia". O Carnaval do Rio de Janeiro é considerado uma das maiores festas do planeta. Vale uma visita!


Para conhecer um pouco mais sobre a história do Carnaval do Rio de Janeiro, acesse:



BOM CARNAVAL!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

INFORMAÇÕES SOBRE O BLOG DO PCHAE

Na semana de 06/02 a 10/02/2012, participei pelo segundo ano consecutivo da Capacitação do "PCHAE" (Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação) oferecida pela Prefeitura/RJ em parceria com o Instituto Ciência Hoje.
Essa parceria tem como objetivo principal promover a educação científica junto ao público infantojuvenil.

Nesse blog serão divulgadas através de textos, fotos, desenhos e vídeos, as principais experiências realizadas/compartilhadas em sala de aula ao longo do ano letivo de 2012.

Além disso, sempre serão postados artigos, links, e reportagens de assuntos das diversas áreas do conhecimento.

Esse é um espaço aberto aos alunos, professores e todos os amantes da Ciência.

Participem, divulgem...

Vamos construir juntos novos conhecimentos!




segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

INÍCIO DO ANO LETIVO DE 2012


 Hoje, segunda-feira, 13 de fevereiro é o início do ano letivo na Rede Municipal de Educação.
Desejo à todos os meus alunos da turma 1502 um ano de sucesso e com muitas conquistas.

Contem comigo!

 Um abraço do Prof. André

domingo, 12 de fevereiro de 2012

RIO +20

 
Você já deve ter lido na internet ou visto na TV que, em 2012, o Brasil será sede de uma importante conferência da ONU - Organização das Nações Unidas*: a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, apelidada de Rio+20*. Mas você faz ideia do que acontecerá durante esse evento? Do que ele representa para o nosso futuro?

Em junho, líderes dos 193 Estados que fazem parte da ONU, além de representantes de vários setores da Organização, se reunirão para discutir como podemos transformar o planeta em um lugar melhor para viver, inclusive para as futuras gerações. Uma grande responsabilidade, não é mesmo? 

Leia a reportagem completa em:


sábado, 11 de fevereiro de 2012

EVOLUÇÃO URBANA DO RJ: COPACABANA

Copacabana é um bairro nobre situado na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro
É um dos bairros mais famosos do Brasil. Tem o apelido de Princesinha do Mar. Faz divisa com os bairros da Lagoa, Ipanema, Botafogo e Leme.
Copacabana atrai um grande contingente de turistas para seus mais de oitenta hotéis, que ficam especialmente cheios durante as épocas do ano-novo e do carnaval
No fim de ano, a tradicional queima de fogos na Praia de Copacabana atrai uma multidão de pessoas. A orla ainda é lugar de variados eventos, como shows nacionais e internacionais, durante o resto do ano.

Mas será que Copacabana sempre foi do jeito que conhecemos hoje?!

Vamos descobrir...




 Gostou?
Acesse  http://pt.wikipedia.org/wiki/Copacabana e descubra um pouco da história deste charmoso bairro da Cidade Maravilhosa.